Na falta de Epacket, qual melhor opção para não ser taxado nos R$ 15,00 reais…

Replies
23
Voices
23
Lucinka

Na falta de Epacket, qual melhor opção para não ser taxado nos R$ 15,00 reais dos correios??

  • Edit
    Valdeci Fernandes

    Ali Standard Shipping nao paga os 15,00 mas se vc calcular o valor, saira a mesma coisa, visto que, ele é 3 dolares mais caro (12,00). Porem, ele tem tratamento de Sedex ao entrar no Brasil.

  • Edit
    Eliab Reis

    Swiss Post, Sweden Post também iniciam em L. Esses também não pagam despacho postal.
    Só confirme com o vendedor antes, mas esses dois são fretes prime também.

    Ainda há o AliExpress Standard Shipping, mas as duas primeiras são mais baratas e vão te servir da mesma forma.

  • Edit
    Luiz Claudio Oliveira

    ATENÇÃO LEIA ISSO E VOCÊ SABERÁ EXATAMENTE OQUE DIGO SEMPRE A RESPEITO!

    Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o despacho postal não é uma modalidade de taxa de importação ou frete grátis. Apesar das manchetes anunciarem “o fim do frete grátis”, os Correios reforçam que a cobrança é uma taxa de manuseio, ou seja, se refere a um serviço prestado, e já é praticada por outras empresas de logística, como DHL e Fedex. Além disso, o despacho postal já era aplicado, desde 2014, em encomendas que fossem taxadas pela Receita Federal e, agora, foi estendido a todos os pacotes que chegam ao Brasil, devido ao aumento no número de pedidos.

    Nós selecionamos algumas dúvidas frequentes e conversamos com o um representante dos Correios para obter respostas mais precisas. Confira:

    É verdade que pacotes originados da China, com código de rastreio iniciados com CP, LZ, EA e LX estão sendo liberados sem a cobrança do despacho postal?
    Esses códigos estão associados à modalidade de frete conhecida como EMS (que inclui o conhecido serviço ePacket). A posição oficial dos Correios é que todas as encomendas internacionais enviadas nessa modalidade estão sujeitas à cobrança. Entretanto, nosso contato destacou que, devido à natureza prioritária que esse tipo de parcela recebe, é possível que elas possam ser liberadas sem a cobrança, pelo menos por enquanto.

    Devido a grande movimentação em grupos de Facebook, como este grupo do Shopify, e Twitter, especialmente no perfil @Muambator, popular sistema de rastreio para encomendas estrangeiras, fomos atrás de mais informações a respeito. Conforme publicação do Muambator, do dia 3 de setembro, existe indícios de que as encomendas de ePacket/EMS estão sendo liberadas sem cobrança. Além disso, algumas encomendas EMS vindas de diferentes países também não estão sendo cobradas. Verificando pela hashtag #naoehsopelos15, é possível encontrar depoimentos de usuários que tiveram seus pacotes liberados sem taxa.

    Além disso, no grupo de Facebook mencionado acima, comenta-se que, conforme o acordo internacional assinado por vários serviços postais em todo o mundo, as encomendas EMS precisam ser liberadas dentro de 24 horas após serem recebidas. Como os usuários recebem 30 dias para pagar o despacho postal, é plausível que esses pacotes não estejam sendo cobrados. Os comerciantes do grupo mencionam que, em sua experiência, todas as encomendas enviadas sob essa modalidade não foram cobradas, diferentemente das enviadas como Pequena Encomenda Registrada. Portanto, a recomendação é escolher o serviço de remessa EMS, como ePacket, para tentar evitar o despacho postal, apesar da posição oficial dos Correios sobre a cobrança.

  • Edit
    Beatriz Fischer

    O Seller's Shipping Methody não costuma cair no despacho postal (ao menos eu comprei um monte e até agora nenhum caiu, mas né). PORÉM, ele não tem rastreio disponível... os produtos que comprei por esse frete demoram cerca de 1 mês e meio - 2 meses pra chegar atualmente.
    Se quer opção rastreável, melhor optar pelo Aliexpress Standart.

  • Edit
    Renata Rodrigues Silva

    Eu comprei frete grátis e não paguei os quinze reais ! E minha encomenda chegou em 30 dias corridos!